Estender a mão

M de Mindfulness

Notei o quanto toda a minha experiencia afrouxou quando passei a não olhar

para os meus lados mais difíceis como alvos a abater mas sim a compreender.

Ansiedade, raiva, dúvida, desmotivação … Alguns dos muitos lados em nós que daríamos tudo para extinguir …

Aquilo ao qual chamamos de “problema”.

Aquilo que nos leva a dizer “há algo de errado comigo”

No meio da missão incansável de criticarmos e mandarmos embora estes nossos lados, pouco espaço deixamos para questionar : porque é que aqui estão?

Ansiedade, porque estás ai?

Raiva, o que escondes?

Tristeza, do que precisas?

E para já, ficar por aqui ~

Estender a mão ao invés de virar costas, vez após vez.

E poder ouvir. Só por um pouco, ouvir

M de Mindfulness

by Hannah Thantrey

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.