A evolução Empresarial começa na Individual

É comum empresas e negócios regerem-se pela certeza e previsibilidade, o que nos dias de hoje são palavras que já nos fazem “rir”.

O controlo desmedido através do “poder” quer do dinheiro quer da posição superior aos outros, é quanto a mim, tudo menos liderar.

Hotelaria e Coaching

por Ana Beatriz

Tudo o que hoje nasce ou renasce tem de impactar, através do conhecimento e dos valores que as pessoas que lideram e colaboram, aplicam na sua empresa e/ou negócio. Estes são os únicos ativos de facto, que geram todos os retornos materiais e os imateriais (que muitos falam, mas poucos aplicam). Este conhecimento, por sua vez, é uma condição de evolução. A cada interação, compartilhamento e colaboração entre dos diferentes cérebros, tudo passa e evolui quase de uma forma natural e energética, pois como todos sabemos, tudo o que damos recebemos.

Já ouviram falar na gestão Quântica?

Aqui todas as posições são válidas, pois não há imposição de ideias. Acaba-se, então, o poder absoluto e centralizador, dando prioridade ao diálogo, que segundo Danah Zohar*, é a receita para a quebra de paradigmas e para as transformações.

Os seis pontos principais desta abordagem:

  • 1- Descobrir, no lugar de saber. É investigar junto com o outro, em vez de bater-se pela sua certeza.
  • 2- Perguntas, não respostas. Não é ensinar, e sim, explorar possibilidades novas.
  • 3- Partilhar, não ganhar. Não há um ponto de vista melhor que o outro, há propostas.
  • 4- Igual, não superior. Todas as posições são válidas, devemos aprender com todos.
  • 5- Reverência, não poder. Não há imposição de ideias, há gratidão pela riqueza de cada experiência.
  • 6- Escutar. Dialogar é explorar novas possibilidades.

*Danah Zohar é física, filosofa e autora do livro “O Ser Quântico”.

Ana Beatriz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.