Bem-estar e Hotelaria

(Continuação)

No quarto da Unidade Hoteleira, podemos “convidar” o hóspede a ler as “instruções” de uma boa noite de sono em vez de ter a lista de canais de tv de forma tão exaustiva, e até mesmo sugerir ouvir uma música que  o ajude a aliviar um dos sentidos mais usados ao longo do dia: a visão. Ao fechar os olhos, e deixar apenas a audição ativa, mergulhamos na atenção plena a nós e aos vários pensamentos que vêm. A escolha da música ideal para cada um de nós, leva-nos a viajar e talvez a entrar no momento crucial para o revigorar de qualquer pessoa: O sono.

Ter no “turn-down” um tipo de infusão calmante, com uma pequena frase que permita a pessoa refletir o seu dia. Hoje em dia qualquer unidade tem um “Menu de Almofadas”. E porque não juntar um “Menu de óleos essenciais”, que podem estar disponíveis para venda na receção ou no espaço de bem-estar (se houver).

http://www.aorhmais.pt

O banho é outro momento de relaxamento profundo, e o simples facto de deixar correr água no corpo e sentir o cheiro do gel de banho bem escolhido, e/ou a possibilidade de ter um banho de imersão (com gotas do óleo essencial), são detalhes que devem ser levados em conta, pois todos eles potenciam a experiência, que se for boa, ficará no nosso consciente.

Todos estes cuidados só são incutidos se o/a responsável da unidade tiver conhecimento em si, do que estes pormenores podem potenciar nos outros.

Continua…na próxima edição.

Ana Cristina Beatriz

http://www.abchospitality.pt