Bem estar e hotelaria.

A necessidade de utilizar técnicas simples de desenvolvimento pessoal e “coaching”

Quando hoje falamos de hotelaria falamos de bem-estar, falamos de proporcionar aquela hospitalidade que faz o hóspede renovar, nem que seja, por uma noite. E este simples momento pode e deve, a meu ver, trazer uma “lufada de ar fresco” a esta pessoa.

Considero que a hotelaria hoje é o veículo de bem-estar. Está testado que é nos momentos de pausa, de saída do habitual quotidiano, que o nosso “subconsciente” reage a estímulos que podem mudar (despertar) para um melhor caminho na vida de cada um. Quem proporciona a outros estes momentos, também tem de sentir esse mesmo bem-estar, daí o último artigo que abordava a necessidade de motivar pelo lado material, os nossos recursos humanos.

Aqui realço a necessidade de utilizar técnicas simples de desenvolvimento pessoal e “coaching” para que esta pessoas sem sintam bem emocionalmente também.

Depois desta base partimos para a introdução de pequenos detalhes na unidade hoteleira para fomentar e ativar este precioso momento que deve ser complementar a uma boa noite de sono, a uma boa refeição no restaurante.

No quarto de hotel, a cama é a base para uma boa noite de sono. Hoje em dia o investimento num bom colchão de em toda a roupa da cama é crucial para alcançar o maior propósito de “venda” de uma noite numa unidade hoteleira. E se a isto juntarmos pequenos detalhes para que o sono seja realmente revigorante?

Continua… na próxima edição.

http://abchospitality.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.