Sociedade e Comunicação

Comunicação Vedada

Muitas empresas adoptaram a regra relativamente às suas direcções, departamentos ou gabinetes de Comunicação de não facultarem o respectivo contacto e nome do responsável. Assim, no atendimento telefónico a comunicação fica logo vedada, remetendo qualquer assunto desta área para um endereço electrónico geral, através do qual todo e qualquer tipo de assunto tem a promessa de ser reencaminhado.

Barrar no atendimento o acesso a quem trata da Comunicação é um paradoxo difícil de engolir, já que é apanágio desta área exactamente o oposto, pois comunicação implica bidireccionalidade.

É intolerável para um cliente ou utente sentir que a Comunicação só comunica quando e com quem lhe apetece. Fica muito mal a qualquer organização sustentar este disparate, pois a falta de senso comum que reflecte é uma verdadeira afronta para qualquer destinatário do equivocado serviço.

Só há três alternativas para ultrapassar esta incongruência:

1. Mudar totalmente de rumo;

2. Extinguir o serviço;

3. Substituir-lhe o nome.

by Maria do Rosário Hespanha

Consultora de Comunicação

RH Positivo®http://rhpositivo.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.